Agro: Brasil produz muito e preserva ainda mais

O país produz 260 milhões de toneladas de grãos e ainda mantém intocados dois terços do território

Mesmo figurando entre os maiores fornecedores mundiais de alimentos, o Brasil tem dois terços de seu território com a vegetação preservada. Ao todo, a agricultura ocupa 8% de todas as áreas brasileiras, de acordo com dados da Embrapa, da Nasa e do Mapbiomas. Somando com a pecuária, as terras destinadas ao agronegócio representam cerca de 30% do país.

A área preservada corresponde ao território de 17 Estados, incluindo os dois com o maior território no País. Ao mesmo tempo, a quantidade de terras destina à agricultura equivale ao tamanho de Goiás e Tocantins juntos. Se concentrada, a pecuária ocuparia os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia e São Paulo. Para as cidades e os equipamentos de infraestrutura, como estradas e ferrovias, restaria Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Ocupação e uso das terras no Brasil:
Verde: Áreas Preservadas (66%)
Roxo: Agricultura (8%)
Amarelo: Pastagens (22%)
Azul: Cidades e infraestrutura (4%)

Mesmo dando exemplo de preservação, o país conseguiu produzir 260 milhões de toneladas de grãos em 2021, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento. Conforme os dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, no ano passado o Brasil foi o maior produtor mundial de soja e açúcar e o segundo de carne bovina.

Esta matéria foi escrita por Artur Piva para o Portal Revista Oeste. Você pode conferir o conteúdo diretamente no link .